1 de dez de 2011

Estudantes da Zona Sul da capital fazem ''trancaço'' contra a reforma de Tarso

Estudantes realizam manifestação e convocaram uam grande reunião para a tarde de sábado, as 17h no Pq. Marinha do Brasil.
A manhã de ontem foi de mais um protesto estudantil na capital, contra a reforma do ensino médio de Tarso. Foi a vez da galera da Zona Sul mostrar sua cara, com os estudantes das escolas Costa e Silva, Ceará e Cidade Jardim. Mais de 100 estudantes trancaram por 30 minutos a 3° Perimetral (Av. Teresopólis) e fizeram um protesto muito irreverente, com músicas, danças e inclusive levando um quadro para a rua, dando uma verdadeira aula pública para o governo, que quer aprovar de forma truculenta essa reforma que vai virar nosso ensino de cabeça para baixo. 



O ato contou também com a participação de diversos professores do CPERS e apoio da vizinhança, pois durante o ano diversas mobilizações já tinham sido feitas contra a péssima situação da escola Ceará. Após o ato, foi realizada uma reunião da ANEL com estudantes do Julinho, UFRGS e dos Grêmios do Ceará e do Costa e Silva, que convocou uma grande reunião para sábado, as 17h no Pq. Marinha do Brasil para organizar os próximos passos do movimento contra a reforma do ensino médio. Além do ato em POA, a cidade de Gravataí também foi palco de uma importante manifestação, que reuniu 5 escolas e diversos professores do núcleo 22 do CPERS.

É a juventude gaúcha dizendo NÃO à reforma de Tarso!