10 de abr de 2013

Passo Fundo em luta pela revogação do aumento da passagem.


 
Arthur Bispo, estudante da UPF e membro da ANEL RS
Estudantes e trabalhadores fecharam o centro de Passo Fundo e foram a prefeitura na terça-feira para protestar pela imediata revogação do aumento da passagem, que desde o início do mês passou de R$2,45 para R$2,70. A manifestação foi impulsionada pelas recentes lutas na capital e chamada pelo Comitê das Lutas Sociais de Passo Fundo que reúne os setores de luta dos movimentos estudantil e sindical da cidade.
A União Municipal de Estudantes Secundaristas e o Diretório Central dos Estudantes da Universidade de Passo Fundo, maiores entidades estudantis da cidade, se omitiram da luta contra o aumento da passagem pois estão sob influência da UJS e o atual governo é uma aliança entre PPS e PCdoB. No meio estudantil o Coletivo Nada Será Como Antes (Oposição ao DCE/UPF) conseguiu articular entidades de base que aderiram ao protesto e no sindical o Sindicato dos Comerciários, o 7º Núcleo do CPERS-Sindicato e a CSP-Conlutas foram decisivos.
Na próxima quinta-feira os manifestantes marcaram outro ato que deve aglutinar mais setores dos movimentos sociais e da população em geral. A atividade deve coincidir com o protesto marcado em Porto Alegre. Tod@s estão convidados!